CRIANÇAS INDIGO E CRIANÇAS CRISTAL I

 

CRIANÇAS INDIGO E CRIANÇAS CRISTAIS PARTE I
 
Nos últimos anos, nós pediatras, que lidamos diuturnamente com crianças, temos tido a oportunidade de perceber que algo diferente está acontecendo com nossas crianças.
De uns dez anos para cá, percebemos que têm nascido crianças muito especiais, inteligentes, sensíveis, extremamente precoces em seu desenvolvimento, e alguns superdotados, com dons, seja artísticos ou científicos, que nos deixam de queixo caído.
Buscando informações sobre essas crianças, mormente na internet, encontrei o tema deste nosso post. Lendo vários artigos sobre o assunto, alguns itens ficaram mais claros.
Desde a década de 60 a 70, começou a reencarnar em nosso planeta espíritos evoluídos, cuja aura irradia uma cor azul índigo, daí o nome crianças índigo. Estes são espíritos de certa forma rebeldes, questionadores, alguns difíceis de serem educados pelos pais e pelas escolas, pois simplesmente não aceitam a lógica reinante, qual seja, “eu sou seu pai e portanto me obedeça” ou “sou sua professora, portanto, fique quietinho que aqui mando eu”. Para estas crianças índigo, a única maneira de ter alguma ascensão sobre elas é pelo convencimento, pelos argumentos e pelo diálogo. Qualquer outra forma, baseada na força, simplesmente não funciona, pois elas não têm medo do castigo físico ou de cara feia.
São espíritos que vieram preparar o mundo para uma revolução que está em curso, pois nosso planeta está passando por uma elevação de grau, ou seja, estamos passando de um planeta penitenciária para um planeta em regeneração.
Conforme diziam os profetas do apocalipse, nos últimos tempos, as portas do inferno seriam abertas, para oferecer uma oportunidade aos espíritos mais atrasados de, pela última vez, reencarnarem na Terra e melhorarem. Porém, essa oportunidade foi desperdiçada, e este planeta não poderá mais permitir o reencarne delas nas próximas gerações. Com isso, somente os espíritos melhores poderão aqui reencarnar, o que, inevitavelmente, causará uma elevação de estágio e de nível vibracional dos seres que aqui encarnarão. E isto tem ocorrido sistematicamente, fazendo com que levas e Levas de espíritos melhores reencarnem, causando confusão em nossas cabeças, seja de profissionais de saúde, da educação ou mesmo nos pais.
A partir do ano de 2000, as crianças cristais começaram a reencarnar neste planeta. São crianças cuja aura é incolor, daí o nome cristal; são espíritos de alto gabarito, de muita elevação e que guiarão o nosso planeta no futuro próximo. Elas têm capacidade telepática e por isso, têm alguma dificuldade em aprender a falar em nossa linguagem oral. Além disso, têm uma alta sensibilidade para as artes, a música, e outras atividades elevadas. São crianças amorosas, compassivas e com alto nível de altruísmo, sendo as suas preocupações voltadas para outrem, seja sua família, amigos ou mesmo pessoas desprovidas da sorte, a quem dedicam sua atenção e preocupação.
Baseado nesta observação, eu não consigo acreditar que o nosso Criador desperdiçaria essa leva de espíritos bons que têm reencarnado e cause o “fim do mundo”, como preconizado por muitas seitas e religiões. Acredito muito mais que o fim do mundo, seja na verdade, o fim do mundo da violência, das drogas, do sexo desenfreado, do materialismo, do consumismo, do egoísmo e de toda forma de maldade que ainda têm imperado em nosso mundo atual. Estes espíritos, mais atrasados, com certeza não terão lugar neste novo mundo que se avizinha, e terão provavelmente, que ser removidos para outro planeta mais atrasado, mais de acordo com seu grau de vibração e evolução, onde terão que recomeçar o ciclo evolutivo, como alunos reprovados no exame de elevação de nível.
Enquanto isso, o planeta Terra, livre dos Pablo Escobar, Fernandinho Beira Mar e outros desse nível, passará por um processo acelerado de desenvolvimento moral, onde as atuais crianças cristal, escudados e auxiliados pelas crianças índigo, serão os líderes desse processo, seja como governantes, seja como empreendedores,numa nova maneira de se cuidar da coisa pública, sem a corrupção que hoje grassa entre nossos políticos, seja nas empresas, que hoje vêem o empregado como um escravo a ser explorado e que no futuro próximo, verá no funcionário um colaborador, um ente importante, fundamental e razão de ser da empresa, que não mais buscará o lucro desenfreado, mas será o local que permitirá a todos trabalhar, crescer, desenvolver financeiramente e levar desenvolvimento para as comunidades. Parece uma grande utopia, mas parece lógico, ao assistirmos as mudanças aceleradas pelas quais o nosso mundo tem passado. Os grandes cataclismos, os grandes terremotos, maremotos e outras grandes tragédias que têm ocorrido ultimamente, parece ser o prenúncio de que na verdade, o fim dos tempos já chegou e está acontecendo em todos os lugares e momentos. É um processo acelerado de depuração, onde as células doentes, cancerosas, estão sendo removidas para permitir a cura do doente, o nosso planeta, para que o mesmo possa continuar a sua existência.
Independente de ficarmos ou sermos removidos, esta é uma oportunidade ímpar de aprendizado, pois seja qual for o nosso destino, teremos a oportunidade de assistirmos uma grande transformação, na verdade, uma grande revolução em nosso mundo. Passada a tempestade, uma era de grande bonança se seguirá, com muita qualidade de vida para todos que aqui restarem.
É esperar para ver. Quem viver, verá.
publicado por drtakeshimatsubara às 14:41 | comentar | favorito